As 25 startups mais desejadas do Brasil, segundo o LinkedIn

As 25 startups mais desejadas do Brasil, segundo o LinkedIn

0 Comentários

As 25 startups mais desejadas do Brasil, segundo o LinkedIn

(Pixabay)

Publicada nesta terça-feira (18), a lista LinkedIn Top Startups traz nomes de 25 startups em crescimento e que fazem brilhar os olhos dos profissionais brasileiros.

A análise dos critérios para a escolha das empresas aconteceu entre 1 de julho de 2017 e 30 de julho de 2018. São eles: análise do crescimento do quadro de funcionários, interesse de candidatos a vagas de trabalho, engajamento entre usuários e funcionários e nível de atração exercida sobre talentos. Para compor a lista, a startup precisa ser privada, ter ao menos sete anos de existência, mais de 50 funcionários empregados e sede no Brasil.

O crescimento do quadro de funcionários, medido pelo aumento do percentual do headcount ao longo de um ano, deve ser de no mínimo 15%. O interesse em vagas, remuneradas e não-remuneradas, calcula a taxa de pessoas visualizando as vagas e se candidatando a elas.

O engajamento diz respeito à quantidade de visualizações e seguidas de não-funcionários no perfil do LinkedIn, assim como o número de não-funcionários visitando o perfil de funcionários da empresa. Quanto ao nível de atração, mede-se o número de funcionários vindos das empresas presentes na lista LinkedIn Top Companies recrutados pela startup.

A Nubank encabeça a lista LinkedIn Top Startups. “Passamos de uma equipe com menos de 20 pessoas em uma casinha para um prédio inteiro com mais de 1.100 funcionários em cinco anos”, comenta David Vélez, fundador e CEO do Nubank. “Ter um time diverso, que realmente tem o cliente como foco do nosso trabalho, é sem dúvida o que nos trouxe até aqui e o que vai nos fazer evoluir cada vez mais”.

Confira abaixo a lista com as 25 startups mais desejadas do Brasil:

1. Nubank

Segmento: Serviços financeiros
Número global de funcionários: 1.111
Sede: São Paulo
Vagas: De julho de 2017 a julho de 2018, a empresa contratou mais de 800 funcionários. Até meados de 2019, 200 novas oportunidades em finanças e engenharia serão abertas.

2. Creditas

(Divulgação/Facebook)

Segmento: Serviços financeiros
Número global de funcionários: 468
Sede: São Paulo
Clientes: Só no primeiro semestre, a procura por crédito aumentou em quatro vezes. Neste ano, espera-se expandir a receita em 600%.

3. GuiaBolso

(Reprodução/LinkedIn)

Segmento: Tecnologia da informação e serviços
Número global de funcionários: 192
Sede: São Paulo
Metas: Escalar a quantidade dos seus parceiros de crédito e gerar dicas financeiras mais personalizadas com base em inteligência artificial ainda em 2018.

4. Docket

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Serviços jurídicos
Número global de funcionários: 95
Sede: São Paulo
Futuras contratações: Com crescimento de cerca de 300% e um quadro de funcionários quatro vezes maior, a empresa pretende recutrar mais 100 funcionários das áreas de tecnologia, produto e vendas.

5. Stone Pagamentos

(Divulgação/Facebook)

Segmento: Tecnologia da informação e serviços
Número global de funcionários: 1.954
Sede: São Paulo

6. QuintoAndar

(Reprodução/LinkedIn)

Segmento: Internet
Número global de funcionários: 350
Sede: São Paulo
Meta: Dobrar o tamanho da equipe em 2019, já que pretendem epandir a oferta de imóveis para mais bairros e cidades.

7. CargoX

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Internet
Número global de funcionários: 250
Sede: São Paulo
Novas contratações: Tendo recebido aportes do banco Goldman Sachs e dos fundos Valor Capital e Qualcomm Ventures, a empresa pretende contratar 350 funcionários até julho de 2019.

8. Loggi

(Divulgação/Facebook)

Segmento: Internet
Número global de funcionários: 380
Sede: São Paulo
Metas: Chegar a mais 13 cidades e aumentar o número de funcionários. Até julho de 2019, cerca de 250 vagas de emprego devem ser abertas.

9. Sky.One Cloud Solutions

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Software
Número global de funcionários: 75
Sede: São Paulo
Crescimento: Entre 2016 e 2017, a receita da startup cresceu 126%, ritmo que pretendem manter até 2020 é a meta da startup, principalmente com o aporte de R$22,5 milhões da Invest Tech.

10. Hotmart

(Reprodução/LinkedIn)

Segmento: Internet
Número global de funcionários: 315
Sede: Belo Horizonte
Autonomia: A empresa recebeu, em 2013, um aporte do fundo Koolen & Partners, conseguindo, de lá para cá, se autofinanciar.

11. MaxMilhas

Segmento: Internet
Número global de funcionários: 260
Sede: Belo Horizonte
Números: A startup deve fechar o ano com 2 milhões de passagens emitidasEspera-se que 100 novas vagas sejam abertas até julho de 2019.

12. Zoop

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Serviços financeiros
Número global de funcionários: 85
Sede: Rio de Janeiro
Expansão: Com o aporte de US$ 18,3 milhões da Movile, a Zoop espera crescer 10 vezes em 2018 e ampliar o quadro de funcionários em 50%.

13. Mandaê

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Entrega de encomendas e fretes
Número global de funcionários: 102
Sede: São Paulo

14. Beblue

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Serviços financeiros
Número global de funcionários: 427
Sede: Ribeirão Preto
Caderneta de poupança: Ao lançar uma carteira digital neste ano, a Beblue concedeu crédito de 5% como prêmio automático pelo pré-carregamento. Em comparação, a caderneta de poupança rendeu 0,4% nos mês de janeiro.

15. MindMiners

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Pesquisa
Número global de funcionários: 48
Sede: São Paulo
Funcionários: São impostos a eles o desafio de construir um projeto do zero com a ferramenta para que possam vivenciar o ciclo do cliente nas primeiras semanas de trabalho.

16. Mercado Bitcoin

Segmento: Tecnologia da informação e serviços
Número global de funcionários: 102
Sede: São Paulo
Vagas: A empresa pretende dobrar o quadro de funcionários em TI e segurança da informação com investimento de R$ 10 milhões nas duas áreas ainda este ano.

17. Vindi

(Reprodução/LinkedIn)

Segmento: Serviços financeiros
Número global de funcionários: 100
Sede: São Paulo
Faturamento: De 2013 a 2015, o faturamento chegou à taxa anual de 300%. Em 2016, ela dobrou de tamanho, ação repetida também em 2017.

18. ContaAzul

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Serviços financeiros
Número global de funcionários: 370
Sede: Joinville
Contratação: A startup recebeu R$ 100 milhões em rodada de investimentos liderada pelo fundo Tiger Global Management. A meta agora é fechar o ano com uma equipe de 500 funcionários.

19. Nibo

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Contabilidade
Número global de funcionários: 105
Sede: Rio de Janeiro
Recrutamento: Após receber um aporte de R$ 20 milhões e dobrar o número de funcionários no ano passado, a meta atual é recrutar gestores, sobretudo para o nível de coordenação.

20. Rock Content

Segmento: Internet
Número global de funcionários: 340
Sede: Belo Horizonte
Internacional: Com faturamento dobrado em 2017, a Rock Content abriu seu primeiro escritório internacional no México.

21. Geru

Segmento: Serviços financeiros
Número global de funcionários: 117
Sede: São Paulo
Diversidade: O foco da empresa na hora de recutar está na diversidade etária, cultural, sexual e geográfica. Atualmente, as mulheres ocupam a maioria das cadeiras de gestão da empresa.

22. Amaro

(Reprodução/LinkedIn)

Segmento: Internet
Número global de funcionários: 360
Sede: São Paulo
Tecnologia: O cliente tem acesso a escaneamento das peças desejadas por meio de smartphone, catálogo completo por um computador e pagamento via internet.

23. Ebanx

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Serviços financeiros
Número global de funcionários: 383
Sede: Curitiba
Internacional: A startup deseja atuar na América Latina, além de aumentar em 67% o valor transacionado na região em 2018.

24. Contabilizei

(Reprodução/Facebook)

Segmento: Contabilidade
Número global de funcionários: 205
Sede: Curitiba
Inovação: A empresa foi eleita uma das 10 mais inovadoras da América Latina pelo site Fast Company em 2017 por ajudar a decifrar as leis de impostos para freelancers.

25. MODERN Logistics

(Divulgação/Facebook)

Segmento: Logística e cadeia de suprimentos
Número global de funcionários: 157
Sede: Jundiaí
Metas: Atualmente operando quatro aviões cargueiros, a startup espera ter em seu domínio 18 aeronaves até 2021.

Fonte: Money Times

 

Quer ver sua Startup figurando como a mais desejada de 2019?

Fale agora com um Advogado Especializado em Direto para Startups, Advogado Especialista em Direito de Startups
Melo Moreira Advogados, https://melomoreiraadvogados.com.br , pelo WhatsApp: (031) 9 9663-5760 ou por e-mail: melomoreiraadvogados@gmail.com 

 

Leia Também

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *